Jornal da 2CNews

Sexta, 30 de setembro de 2022
MENU

Saúde

Samu leva orientações e dicas de primeiros socorros à população

Cerca de 1,5 mil pessoas participam da exposição no Parque da Cidade

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Cerca de 1,5 mil pessoas aproveitaram o fim de semana e a sexta-feira (2) para conhecer o trabalho do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no Estacionamento 13, do Parque da Cidade. Na exposição, profissionais da Secretaria de Saúde orientaram os visitantes em relação a procedimentos de suporte básico de vida, como manobras de desengasgo em adultos, crianças e bebês.

"O foco do projeto foi atendimento de parada cardiorrespiratória, desobstrução de vias aéreas e apresentação de algumas viaturas à população", explica uma das organizadoras da exposição, a chefe do Núcleo de Educação em Urgências do Samu, Leticea Moraes. "As crianças conheceram a estrutura da motolância e a maior diversão foi tocar as sirenes", detalha.

Os veículos expostos no evento foram uma viatura de intervenção rápida e uma bariátrica (para o transporte de pacientes obesos), duas motocicletas e um caminhão de múltiplas vítimas. Para as manobras de desengasgo, estavam disponíveis bonecos do tamanho adulto, criança e bebê. Ainda foram entregues kits com caneta, lápis e informações sobre o Samu.

Nos três dias, 30 servidores do Samu fizeram as orientações para o público. A exposição representou a Secretaria de Saúde na Semana da Pátria, em homenagem aos 200 anos de Independência do Brasil. Também participaram as Forças Armadas e a Secretaria de Segurança Pública do DF.


Projeto Samuzinho
Desenvolvido inicialmente para reduzir o número de trotes feitos por crianças, o projeto Samuzinho oferece instruções do trabalho do Samu para o público de diversas idades sobre o que fazer em situações específicas de urgência e emergência. 

"Nesse evento, a gente conseguiu, em um só lugar, abranger pessoas de várias regiões do DF e de outros Estados que estavam no Parque da Cidade", afirma a coordenadora do Projeto Samuzinho, Melline Resende Batista. 

O treinamento pode ser solicitado tanto em escolas públicas quanto em instituições privadas. Para agendar, é necessário ser um grupo acima de 30 pessoas e seguir as instruções neste link: https://crdf.df.gov.br/projeto-samuzinho-2/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!