Jornal da 2CNews

Segunda, 28 de novembro de 2022
MENU

Corporativo

Como o marketing digital pode alavancar negócios na internet?

Especialista explica a importância das empresas investirem em ferramentas como Meta Ads e Google Ads para atrair clientes

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O investimento em publicidade digital no país subiu para R$ 30,2 bilhões em 2021, segundo o estudo Digital AdSpend realizado pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau) em parceria com a Kantar Ibope Media. A pesquisa aponta um aumento de 27% em comparação ao ano anterior, mesmo com a crise sanitária e econômica ainda em vigor. Enquanto isso, dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas) indicam que o comércio online no ano passado representou 21,2% do faturamento das empresas do varejo. As análises sugerem que investir em vendas pelo digital é uma rota para impulsionar os negócios e nesta empreitada o marketing digital pode ser o atalho. 

A utilização de canais digitais, como redes sociais, sites de busca e aplicativos, para melhorar a comercialização de produtos e serviços, aumentar a visibilidade de uma marca ou segmentar o público-alvo são exemplos de marketing digital. Este tipo de marketing é composto por uma série de estratégias que são formuladas a depender do objetivo do cliente. 

“O marketing digital não é o único caminho, mas é o melhor. A quantidade de mídias, plataformas e redes sociais traz flexibilidade. Às vezes, o segmento de uma empresa pode dar certo em uma mídia, enquanto para outro segmento dar totalmente errado”, afirma Lucas Heber, Growth Marketer da agência Mestres do Site. 

Ferramentas do marketing digital

Entre os recursos do marketing digital, o Meta Ads é uma ferramenta voltada para a criação de campanhas publicitárias para as redes sociais Facebook e Instagram. Com um budget diário, é possível impulsionar uma postagem na timeline ou um reel (formato de vídeo de no máximo 60 segundos de duração) para atrair mais seguidores, aumentar os cliques em um determinado link ou até mesmo ampliar a audiência, obtendo mais visitas no perfil. 

Já são 122 milhões de brasileiros presentes no Instagram e 116 milhões presentes no Facebook, segundo dados compilados pelas empresas We Are Social e Hootsuite e divulgados no relatório Digital 2022. Para alcançar este público, o Meta Ads fornece instrumentos para as empresas criarem anúncios, gerenciarem quando e onde eles serão veiculados e acompanharem o desempenho em relação aos objetivos traçados inicialmente.

O Google Ads é outra possibilidade para realizar publicidade, mas neste caso utilizando a plataforma de anúncios do Google, que possui diversos mecanismos. A empresa interessada pode criar banners e distribuí-los entre sites parceiros, exibir anúncios nos primeiros resultados de pesquisa de uma palavra específica (buscada por um potencial cliente) ou durante a exibição de vídeos no YouTube, cujo assunto tenha relação com o que se almeja comunicar. 

O Google também dispõe como trunfo a Rede de Display, isto é, uma vasta gama de blogs, sites, portais de notícias, e-mail, vídeos e aplicativos onde seus anúncios podem ser exibidos. A Comscore (empresa norte-americana de análise de internet) estima que os sites da Rede de Display alcançam, mundialmente, mais de 90% dos internautas.

“O Instagram e Facebook Ads são mais indicados para trabalhar o desejo do público. Já o Google Ads é mais indicado para trabalhar a ‘dor’ do público, por ter como sua principal característica o seu modo de pesquisa”, recomenda Heber. 

Desenvolver textos, podcasts e/ou vídeos informativos livres de publicidade direta, que contribuam de alguma forma a sanar dúvidas dos clientes, é outra modalidade incluída no marketing digital. Intitulada marketing de conteúdo, trata-se de uma forma mais recente de conquistar leads (possíveis clientes) de forma sutil. 

Técnicas de SEO (Search Engine Optimization) também podem ser empregadas para prosperar no ambiente online. Este método consiste em sistematicamente melhorar o posicionamento de uma marca nos rankings de pesquisa por meio de palavras-chaves. Desta forma, o SEO aumenta o potencial da mesma destacar-se em sites de busca, como o Google, ou em plataformas de vídeos, como o YouTube - hoje também já considerado um motor de buscas. 

Diversificar para crescer

Para o empresário da agência Mestres do Site, a melhor opção para o crescimento de negócios de qualquer porte é diversificar, pois “não estar presente onde as pessoas procuram é um erro crítico”. Além disso, pulverizar o investimento é uma forma de não depender de uma única rede e seus algoritmos. 

Em uma campanha de marketing digital, é preciso definir os objetivos e metas para depois escolher os canais mais adequados para aplicar a estratégia de comunicação. O planejamento de todas as ações permite que, ao fim, seja possível analisar os dados, mensurar os resultados e calcular o ROI (retorno sobre o investimento). 

O estudo Digital AdSpend, que apontou o expressivo aumento da publicidade digital no último ano, também detectou que o número de anunciantes expondo seus produtos e serviços nos canais digitais cresceu 30%. Os números reforçam que, para o setor, o crescimento do comércio digital no Brasil não é uma tendência passageira. “Ao meu ver, muito deste crescimento foi devido à pandemia. O acontecimento acelerou o mercado digital no Brasil, como se ‘alfabetizasse’ as empresas em coisas que o mercado estrangeiro já estava mais habituado”, pontua Heber.

Para saber mais, basta acessar: https://mestresdosite.com.br/blog/trafego-pago/?utm_source=dino&utm_medium=PR&utm_campaign=1

Fonte/Créditos: DINO

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!