Jornal da 2CNews

Quinta, 18 de agosto de 2022
MENU

Coluna

Café e reflexões: amarguras do tempo

Pensamento abatido

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma manhã

Estava tomando uma xícara de café

"Você é mais amargo do que eu"

"E nem é do jeito bom"

Disse o café

"Você é desinteressante"

"Até as pessoas buscam-me avidamente"

"Porque eu possuo minha personalidade" 

"Ser amargo me torna um destaque"

Novamente disse o café

Eu tremia enquanto fumava meu cigarro

O cigarro ria de mim 

Isso ficou em minha memória

Como assim, desinteressante e sem graça?

Foi um choque ouvir isso

Será isso a causa de todo o infortúnio aparente?

"Todo mundo tem o amor que merece"

Disse alguém tão importante

Todo mundo tem o mundo que merece

Todo mundo tem o amargor que merece

Isso fica na cabeça.. Parece um filme que nunca acaba

Esse ciclo me faz pensar em que estou errando

Por que todos vão embora? 

Por que eu sempre estou para trás? 

Eu me esforço tanto tanto tanto

Mas o negro do café aparenta mais brilho

Do que meus olhos ávidos pela curiosidade mundo afora

Uma proposta, Uma jogada fora

Uma bola fora, fora dos campos do café

Fora dos ciclos do fumo 

Evidenciados nas redes sociais

Eu não sirvo mais para nada aos olhos de ninguém

Aos pássaros que conseguem voar

Mas foda-se

Não nasci para agradar ao café 

Ao cigarro

Às pessoas estúpidas da sociedade

Aos pássaros que buscam seus ninhos

Eu só quero me encontrar 

E ser interessante para mim mesma

Nas redes sociais dizem que o interessante 

É quem tem mais pra evidenciar em suas experiências

E quem é mais lento, esses devem ver enforcados

Mas foda-se

Meu tempo é meu tempo

Não sou máquina do tempo para agilizar o que deve ter seu momento

O espaço sincroniza-se com a vida individual de cada ser

E esse passo deve ser o mais importante

Cansei de tudo 

Até da pressa 

A eterna inimiga 

De toda e qualquer perfeição

A perfeição sou eu

Em todas as minhas imperfeições

E, já disse, 

Foda-se

O resto.

Fonte/Créditos: Lui Bispo

Créditos (Imagem de capa): Lui Bispo

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!